Variedades

Fidelização e excelência diferenciam

Em um mundo cada vez mais digital, venda local aproxima comércio dos clientes e promove geração de empregos e renda

16/08/2019 - Variedades

Créditos da matéria: Ana Caroline Kautzmann

As transformações digitais também estão na forma como as pessoas consomem e fazem suas compras. Por conta disso, empresas tradicionais repensam suas estratégias de venda e investem em atendimento, mantendo os principais diferenciais das lojas físicas: a proximidade, o vínculo e a fidelização dos clientes.

De acordo com a consultora e assessora empresarial Luciana Carvalho, uma das principais características da venda física é a proximidade e a possibilidade de obter mais informações a respeito do cliente. “Uma forte aliada para um atendimento de excelência é a linguagem corporal (gestos, postura e fala). É através dela que é possível entender a recusa ou a aceitação de um cliente para o produto ou serviço que a empresa disponibiliza”, comenta.

O segundo lar

É o atendimento o ponto foco da Delai. Em 1986, a primeira unidade surgia em Estrela. A loja, fundada por Irno Delai, também possui unidades em Teutônia e Santa Cruz do Sul, onde é comandada pelos filhos do empresário.

O empreendimento do ramo de confecções tem como missão ser uma família para o cliente, o que para Delai é um dos segredos do sucesso. Lá, até o cafezinho é estudado. “Nosso café é pesquisado com o cliente. Queremos que seja um café que a maioria goste, atingindo o paladar deste”, conta o proprietário.

Para ele, o viés familiar é um dos principais diferenciais. “É a maneira de receber o comprador, de fazer com que ele se sinta em casa. A empresa precisa ser o segundo lar do cliente. Aqui trabalhamos os cinco sentidos do ser humano, quando você compra online, você não sabe a textura do tecido, decide apenas pelos olhos e na, maioria das vezes, todos os sentidos estão incluídos na compra, e estamos atentos a isso”, explica.

Além disso, Delai destaca o poder comunitário do comércio físico, pois o valor investido na compra retorna para a própria comunidade.

O “estar” no ambiente virtual

Luciana afirma que é muito importante que a empresa esteja no ambiente virtual, já que muitos consumidores, em algum momento, pesquisam na internet aquilo que tem intenção de comprar, comportamento observado pela Delai, que mantém uma página no Facebook onde publica novidades na loja. “Temos que utilizar essas ferramentas”, salienta Delai.

Mas, quando falamos em compras online, os golpes que semanalmente são registrados na polícia, também tornam o olhar do consumidor mais voltado ao comércio local. “O que notamos é que o consumidor começa, a partir desses relatos, a ficar mais cauteloso com as compras, buscando no comércio presencial marcas e empresas com tradição e segurança reconhecidas”, disse o presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços (Cacis) de Estrela, Pablo Souto Palma.

Você sabia?

Quando fizemos um contato com uma pessoa pela primeira vez, 93% do que comunicamos é nossa linguagem corporal: 55% dizem respeito à postura, gestual e expressões faciais e 38% é o tom de voz. “Então 7% é o conteúdo, o produto? Sim. Quando a empresa entende que é esse o diferencial e se prepara para isso é muito provável que será uma empresa de sucesso, com excelentes resultados financeiros e com clientes satisfeitos”, destaca Luciana. 

Gente que atende gente

Gerente das unidades da GPS Net de Estrela e Lajeado, Elton Santos destaca que a premissa da empresa é materializar a marca nas comunidades onde atuam. “Assim é necessário que tenhamos unidades de relacionamento para dar referência à comunidade e nossos clientes”, comenta. Para ele, a loja física ajuda no processo geral do relacionamento, além de dar uma segurança ao cliente. “Ele sabe que pode contar com alguém próximo”, salienta. 

Dicas para atender melhor e vender mais, por Luciana Carvalho:

-Comunique para sua equipe os objetivos da sua empresa para que ela busque os resultados e sonhe com você;
- Treine sua equipe constantemente, estamos sempre em evolução;
- Seja diferente ou tenha um diferencial;
- Identifique o que atraiu o cliente até sua empresa;
- Ouça bem o que o cliente está falando (ouvir é muito mais do que somente escutar);
- Faça perguntas para conhecer as intenções, os gostos do cliente;
- Esteja preparado para falar com clientes leigos e especialistas;
- Estabeleça uma conexão através da linguagem corporal e verbal da sua equipe e dos clientes da sua empresa.

 


Leia Também

Seminário de Contabilidade em outubro

19/09/2019

Evento ocorre em Teutônia

As mudanças e os desafios do setor contábil

19/09/2019

Profissionais destacam busca constante por atualizações e novos papéis desenvolvidos na área


Perda auditiva pode levar à depressão

19/09/2019

Situação ocorre com os idosos que, diante do uso do aparelho, podem notar melhoras

Agropecuária Walter inaugura em Estrela

19/09/2019

Empresa funciona na Rua Coronel Brito, em frente à Brigada Militar