Jornal Nova Geração

ESTRELA

Anunciados os conselheiros Administrativos e Fiscais da E-Log

Os seis conselheiros foram anunciados pelo prefeito. Falta divulgar a direção administrativa

Publicado dia 27 de novembro de 2021
Neri Xavier, Adriano Scheeren, Elmar Schneider, Nilto Scapin, Elaine Strehl, Henrique Purper e Rafael Fontana

Os conselheiros da Empresa Pública de Logística Estrela (E-Log) foram anunciados durante a reuinão-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (Cacis), realizada na sexta-feira passada. O Conselho Administrativo contará com os empresários Nilto Scapin, Rafael Fontana e Henrique Purper. O Conselho Fiscal terá como representantes o vereador Adriano Scheeren, o empresário Neri Xavier e a secretária da Fazenda de Estrela, Elaine Strehl.

O anúncio foi feito pelo prefeito Elmar Schneider, que destacou as potencialidades do município. O encontro presencial, realizado após quase dois anos, reuniu empresários, membros de entidades e secretários municipais. “Buscamos R$ 23 milhões para obras de infraestrutura. Será construída uma ponte ligando o bairro Boa União à linha São José”, revelou Schneider. Outro anúncio foi a patrulha rural, que deverá iniciar os trabalhos ainda no mês de dezembro.

Presidente da Cacis, Andréia Zwirtes Kich revelou o sentimento de reaver um direito do qual as pessoas foram privadas. “Me sinto tomando posse de um momento que foi encerrado ainda em 2019, e agora podemos nos reunir novamente”, disse. Andreia falou também sobre a retomada das forças da comunidade. “Neste final de ano, tempo de renascimento, seja do comércio, das reuniões, de todas as atividades.

Gigante adormecido

O empresário Nilto Scapin enaltece o grupo formado por líderes regionais. Segundo ele, há uma grande expectativa em Estrela e também no Vale do Taquari, e a solução para o porte deve reunir empresários, Poder Público, universidade.

ENTREVISTA:

Jornal Nova Geração – Qual é sua contribuição à Empresa?

Nilto Scapin – Temos experiência em várias entidades e empresas, além do setor de infraestrutura. Acreditamos que, junto com os colegas conselheiros, temos condições de prestar um bom trabalho para fazer com que a área, invejável para todo o Brasil, possa trazer bons resultados para Estrela e Região.

Jornal Nova Geração – Como a E-Log pode contribuir para o desenvolvimento do município e região?

Nilto Scapin – Temos um gargalo de logística, com custo em torno de 22%, enquanto que nos Estados Unidos esse custo é de 7%. Quando começarmos a transportar carga por meio dos modais, teremos uma alternativa vantajosa para as empresas. Mas essa interligação modal vai ser muito importante para Estrela e para o Vale do Taquari. Esse é um dos objetivos.

Jornal Nova Geração – Quais os tipos de negócios que a E-Log pode atrair, a curto e médio prazo?

Nilto Scapin – São muitos, mas podemos destacar o agronegócio, que e muito forte na região. Além disso, podemos fazer uma diversificação, com a utilização dos modais. São empreendimentos diversificados, primeiramente pensando sempre na utilização da questão intermodal, que afeta toda a parte de logística.

Jornal Nova Geração – Qual o melhor modelo de concessão do espaço para a iniciativa privada?

Nilto Scapin – Esta questão ainda deve ser estudada. Devemos ter muitos interessados e estudaremos caso a caso, podendo ter mais de um modelo, dentro do que a empresa em questão precisa, e de acordo com o que a E-Log pode oferecer. Tudo dentro do que preconiza a lei.

Compartilhar conteúdo